PROFESSOR
ESSIO

- Partido Democrático Trabalhista - NÓS TEMOS HISTÓRIA

Letramento: um direito humano

Uma sociedade economicamente em desenvolvimento tem que ir além, ser socialmente justa e sustentável. Nesse sentido, a escola tem que exercer seu papel fundamental - garantir o direito ao letramento - estimulando o acesso às novas práticas originadas pela cultura digital.

O letramento é uma evolução do conceito de alfabetização. Ele procura atender a complexidade das demandas de conhecimento atuais, incluindo novas mídias e linguagens. Possibilita as diferentes práticas de leitura e escrita nos diversos domínios da vida social como o trabalho, a família e a escola. Cabe a escola, como a instituição responsável em promover o ensino da leitura e da escrita, possibilitar que o indivíduo usufrua das oportunidades da sociedade contemporânea.

Os desafios são enormes. Em cada 4 brasileiros, apenas 1 domina plenamente as habilidades de leitura, escrita e matemática. A população de 15 a 64 anos tem 27% de analfabetos funcionais. No ensino fundamental, 25% dos jovens apresentam nível rudimentar de analfabetismo e somente 35% dos brasileiros com ensino médio completo podem ser considerados plenamente alfabetizados.

O Programme for International Student Assessment (Pisa) que avalia os estudantes em 65 países anunciou nesta semana o resultado de 2012. O Brasil continua entre os piores no ranking. Em leitura vêm se mantendo em 55º lugar, em ciências ocupa 59º posição e em matemática a 58º.

Para superar esse quadro necessitamos inicialmente de políticas educacionais e recursos focados nesse desafio. Depois, com competência e comprometimento, os gestores educacionais devem possibilitar que a escola assuma o papel protagonista que lhe cabe. E o professor, peça-chave para assegurar o letramento do aluno, deve ser fortalecido investindo em sua formação continuada de forma adequada, oferecendo condições mais favoráveis de trabalho e melhores salários, mas, principalmente, acreditar em sua autonomia profissional motivando-o para fazer sua parte e um pouco mais pelos seus alunos.

Para que as crianças dominem os demais aprendizados e competências e avancem na escolarização, é importante reconhecer que o letramento é um direito humano. Condição que potencializa o exercício da cidadania e contribui para a formação individual tornando-os cidadãos livres, autônomos, capazes de fazer uma leitura de mundo e contribuir para a sustentabilidade do planeta.

Autor: Professor Essio Minozzi Junior

Professor Essio Minozzi Junior

PROFESSOR ESSIO
Vereador - PDT

Gabinete
Câmara Municipal de Mairiporã
Alameda Tibiriçá, nº 340 - Vila Nova
Mairiporã/SP - CEP.: 07600-000
Contato:
Gabinete: (11) 4604-0800 - ramal 221
ESTAMOS REALIZANDO A MANUTENÇÃO DO SITE
alguns links poderão não funcionar