PROFESSOR
ESSIO

- Partido Democrático Trabalhista - NÓS TEMOS HISTÓRIA

Educar os pequenos é melhor que corrigir os adultos

Proponho através de lei que seja criado um “Programa de Educação Contra os Males do Fumo, do Álcool e das Drogas” através das Secretarias da Educação e Saúde, de forma a privilegiar a prevenção para os alunos do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino, em especial, aos dos 5º anos.

A ideia é deflagrar de modo oficial que qualquer uma das drogas que por aí transitam é prejudicial à saúde. Educar os pequenos é bem melhor que corrigir os adultos.

É sabido que o hábito de fumar é adquirido muito cedo, na pré-adolescência ou até mesmo na infância. A necessidade de integração no grupo social etário, o estímulo gigantesco recebido a partir dos meios de comunicação, principalmente da televisão, o hábito horroroso que tem a maioria dos adultos fumantes de fumar na presença dos mais jovens, tudo isso e mais uma série de razões formam toda uma base psicológica propícia para a porta de entrada do pré-adolescente no mundo da fumaça.

Os males do fumo, do álcool e das drogas surgem na sociedade contemporânea produzindo a deliquescência da economia orgânica, diminuindo a sua força de trabalho nos anos produtivos, em alguns casos desagregando o núcleo familiar, em outros conduzindo ao caminho do crime, enfim, respondendo os três, em conjunto ou isoladamente, pela deterioração dos bons hábitos de vida, e levando, por vezes, aquele que se tornou um viciado, a encurtar o seu próprio tempo de vida.

O fumo é a maior causa de morte evitável no planeta. Já existe consenso, entre os profissionais da Medicina, que o monóxido de carbono presente na fumaça do cigarro produz lesão endotelial, acarretando severa agressão às artérias coronárias, o que, indiscutivelmente, produzirá, com o tempo, um processo de natureza isquêmica, com a evolução para quadros mais graves de doença de artéria coronária, culminando no infarto agudo e, às vezes, na morte súbita.

O álcool responde, na vida social, pelos altos índices de acidentes de trânsito, haja vista a necessidade, já estabelecida em muitos centros, de se avaliar o nível etílico em motoristas. Do ponto de vista social, o alcoolismo é um grande responsável pela desagregação familiar, da qual são testemunhas as Delegacias de Polícia e, em particular, as Unidades de Delegacia da Mulher.

Também não existe dúvida que o ingresso no alcoolismo e no mundo das drogas se faz cada vez mais cedo. Os exemplos estão aí diante de todos nós. Basta olhar para as estatísticas publicadas relativas ao envolvimento de jovens nesses vícios. É difícil precisar a idade exata em que o jovem adquiriu um e/ou outro desses vícios. Mas é indiscutível que tudo está começando cada vez mais cedo.

Só os bons hábitos e através de exemplos no cotidiano que essa cruel realidade pode ser modificada.

Autor: Professor Essio Minozzi Junior

Professor Essio Minozzi Junior

PROFESSOR ESSIO
Vereador - PDT

Gabinete
Câmara Municipal de Mairiporã
Alameda Tibiriçá, nº 340 - Vila Nova
Mairiporã/SP - CEP.: 07600-000
Contato:
Gabinete: (11) 4604-0800 - ramal 221
ESTAMOS REALIZANDO A MANUTENÇÃO DO SITE
alguns links poderão não funcionar